Pular para o conteúdo

SUSTENTABILIDADE

sustentabilidadeA Boca Viçosa, além de exercer sua função social ao gerar 53 empregos diretos, faz também a sua parte contribuindo para a sustentabilidade do nosso planeta ao utilizar técnicas que visam prevenir ou minimizar os impactos ambientais originados de suas atividades. Na recente reforma das instalações de produção e atendimento ao publico, a Boca Viçosa priorizou a utilização de soluções ambientais arquitetônicas e tecnológicas, existindo ainda, outros projetos em andamento ou programadas para um futuro próximo.
Dessa forma a empresa contribui e participa na promoção do desenvolvimento de Viçosa, gerando emprego e renda, pagando impostos que serão depois revertidos em programas governamentais que beneficiarão a comunidade, e fazendo seu papel de empresa ambientalmente consciente, ao adotar em seus processos tecnologias e ações de gestão ambiental. Vejamos alguns exemplos:

a) Projetos já executados

Aproveitamento de água de chuvas:
Toda a água de chuva que caí sobre o telhado da Boca Viçosa é coletada e armazenada em uma caixa d’água subterrânea com capacidade de 5000 mil litros. Esta água é então utilizada gradativamente para atividades de limpeza das instalações, tais como pisos, e banheiros.

Exaustores eólicos e solares:
De modo a oferecer melhores condições ambientais de trabalho aos funcionários, foram utilizadas na cozinha industrial telhas termo acústicas, além de soluções arquitetônicas tais como aberturas laterais e brise, que é um dispositivo localizado na fachada externa do edifício e que tem como função principal o controle da incidência de radiação solar na edificação.
Foram também instalados 8 exaustores eólicos, que promovem a exaustão ininterrupta de calor e gases com base no deslocamento das massas de ar atmosférico e o efeito da convecção da massa de ar interno da área de produção.
E complementarmente foram instalados 2 exaustores movidos a energia solar. Estes equipamentos promoveram uma redução estimada em 8ºC no ambiente de trabalho, gerando conforto térmico e bem estar aos funcionários, sem o consumo de energia elétrica.

Lavadores de fumaça:
Toda a emissão de gases provenientes da área de fritura dos salgados passa por um lavador de fumaça. Neste processo a fumaça é lavada através de água pulverizada e os resíduos vão para um tanque de água de onde são coletados e descartados periodicamente.

Aproveitamento da luz natural:
Todo o projeto arquitetônico da reforma das instalações foi concebido tendo como premissa principal o da utilização da luz natural. Dessa forma durante boa parte do dia, vários setores de produção e do de atendimento ao publico funcionam sem a necessidade de utilizar energia elétrica.

Pratos de porcelana:
De forma a prevenir o impacto ambiental gerado pela utilização e descarte de pratos de polipropileno, a empresa optou pela utilização de pratos de porcelana. Estes pratos, depois de utilizados, passam por um processo de limpeza em lavadores de louças automáticos, que otimizam e controlam o consumo de água e detergentes, garantindo uma condição de completa higienização e segurança para o cliente que o utilizará novamente.

Utilização de sacolas plásticas biodegradáveis:
Seguindo-se a recomendação da lei municipal de Viçosa, a Boca Viçosa disponibiliza para seus clientes sacolas plásticas biodegradável sem custo adicional.

Projetos de Recuperação das nascentes

Diante da crise hídrica que se abateu sobre a nossa região, a Boca Viçosa estabeleceu de forma voluntária, uma parceria com a bióloga Marinês Eiterer, para que possamos contribuir na recuperação das nascentes do rio São Bartolomeu, uma das principais bacias que alimentam o sistema público de abastecimento de água de Viçosa. Nesta parceria o SENAR entra com o apoio técnico e logístico e a Boca Viçosa contribui doando os matérias necessários para realização dos cursos de recuperação de nascentes e recuperação de áreas degradadas .

 

2 3 4